sexta-feira, 4 de junho de 2010

Rick e Renner

Ontem a gente foi ao show, que está óbvio que era de Rick e Renner, que está no título. Fato que o povo mais jovem  fala que não gosta de funk, pagode ou sertanejo (cine, fresno, nx zero e restart também entram, pra alguns), mas em um show é praticamente impossível ficar sem dar uns passinhos no ritmo ou ficar sem cantar alguma frase de alguma música conhecida.
 No rodeio, não havia espaço na arquibancada e fomos obrigados a ficar em pé, assistindo a cabecinha dos peões quando os bois pulavam. Na volta (não sei a hora, eram umas 1, 2), eu estava com muito sono e tentei me aproveitar do ombro do namorado. Tudo indo muito bem, até que minha mãe pergunta porque eu estava calada, e eu QUASE dormindo, escuto:
"-Tá aqui, babando no meu ombro."
MAS WTF BABANDO?

Aí a gente chega em Coromandel, deixa o Thiago e o Rafa nas suas casas e chegamos em casa. Eu e minha irmã tiramos algumas fotos, lemos os livros que estamos lendo e fim a um dos posts mais sem graças desse blog.


*Ps: A foto que está no ônibus de Rick e Renner está MUITO gay.

3 comentários:

  1. É verdade... rodeios são tuudo... xD

    ResponderExcluir
  2. Curto muito o som do Rick e Renner...os caras são muito bons! Parabéns pelo blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o blog faz a gente refletir ;D '

    ResponderExcluir